Manutenções em Cilindros para Gases Industriais & Medicinais

Manutenções em Cilindros para Gases Industriais & Medicinais

Uma pergunta frequente é sobre que tipo de manutenção temos que fazer em cilindros de gases, seja ele industrial ou medicinal. Adiante passaremos quais são estas manutenções, mas sugerimos que você mande fazer isto em alguma revenda de gases e não por conta própria. Podemos resumir as manutenções em:

Manutenção em Cilindro de Alta Pressão Industrial ou Medicinal:

  • Gases: Oxigênio Industrial, Oxigênio Medicinal, Argônio, Mistura para MIG, Nitrogênio, Hélio, Hidrogênio, CO2, Ar Comprimido, etc.
  • Teste Hidrostático: é um procedimento, para se checar a resistência de um cilindro dentro da norma que foi fabricado, feito normalmente dentro de uma camera, onde o cilindro é colocado dentro de água e coloca-se água sob pressão dentro dele e pela mudança do diametro do cilindro pode-se afirmar se ele está dentro das caracteristica para qual foi fabricado.
  • Validade do Teste Hidrostático: as normas pedem que se faça um teste hidrostático nos cilindros de alta-pressão de 10 em 10 anos, para cilindros de oxigênio, argônio, nitrogênio, hélio, hidrogênio. A exceção ocorre para os cilindros de CO2 e Mistura para MIG,  que são feitos os testes de 5 em 5 anos.
  • Pintura: na pintura se usa bom senso, o cilindro precisa estar com a cor padrão do gás sendo utilizado e portando, pinturas e mau estado devem ser refeitas.
  • Que tipo de tinta se usa para as Pinturas: nada especial, simplesmente esmalte sintético ou alguma tinta epoxi industrial, lembrando de não sujar as válvulas deles.
  • Válvulas: as válvulas dos cilindros podem estar com vazamento ou até mesmo gastas nas roscas e NÃO DEVE SER FEITA MANUTENÇÃO nas mesmas sem conhecimento técnico para isto. Nossa sugestão, diante da alta durabilidade que as válvulas apresentam, é colocar uma nova em caso de qualquer problema e nunca tentar consertá-las.
Cilindro sendo testado

Cilindro sendo testado

Manutenção de Cilindro de Acetileno:

  • O cilindro de acetileno, tem internamente em média 75%  de uma espécie de espuma, que quando acetonada, absorve o gás acetileno durante o enchimento, tornando-o pastoso enquanto armazenado. Ele volta a ser gás quando você começa a usar o cilindro. Esta espuma tem que estar FIRME dentro do cilindro, se a espuma estiver solta dentro do cilindro, ele está condenado e precisa ser descartado. Não existe possibilidade de se reaplicar esta espuma.
  • Pintura: na pintura se usa bom senso, o cilindro precisa estar com a cor padrão do gás sendo utilizado e portando, pinturas em mau estado devem ser refeitas.
  • Tipo de tinta usada para as Pinturas: nada especial, simplesmente esmalte sintético ou tintas epoxi.
  • Válvulas: quando as válvulas dos cilindros apresentarem vazamento ou até mesmo roscas gastas, NÃO DEVE SER FEITA MANUTENÇÃO nas mesmas sem conhecimento técnico para isto. Nossa sugestão, diante da durabilidade de uma válvula, que é bem alta, é em caso de qualquer problema, colocar uma nova (e não tentar consertar ela).
  • Cilindros de Acetileno devem ser checados a cada 15 anos (recomendação dos fabricantes de cilindros novos, da norma ISO3807-2, podendo ter variações dependendo do fabricante, norma em que foi feito e idade do cilindro).


voltar_azul home_azul topo_azul (1) proximo_azul

07 mai 2014